RESENHA CRÍTICA: Uma Dama de Óculos Escuros com uma Arma no Carro (La Dame dans L´auto avec de lunettes et um fusil)

Chega com atraso este thriller policial que na verdade é uma refilmagem de uma aventura desse gênero que certamente pouquíssimos irão se lembrar

10/05/2017 17:22 Por Rubens Ewald Filho
RESENHA CRÍTICA: Uma Dama de Óculos Escuros com uma Arma no Carro (La Dame dans L´auto avec de lunettes et um fusil)

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Uma Dama de Óculos Escuros com uma Arma no Carro (La Dame dans L´auto avec de lunettes et um fusil)

França/Bélgica, 15. 93 min. Direção de Joann Sfarr.Com Freya Mayor, Benjamin Biolay, Stacy Martin, Elio Germano, Thierry Hancisse, Sandrine Laroche.

Chega com atraso este thriller policial que na verdade é uma refilmagem de uma aventura desse gênero que certamente pouquíssimos irão se lembrar, até porque foi um enorme fracasso há muitos anos atrás. O diretor (homem apesar do nome) tem outros filmes sofisticados e curiosos, como a biografia de Gainsbourg Homem que Amava as Mulheres (10) e a animação vista no Brasil, O Gato do Rabino, e O Profeta (também animação mas de que fez apenas um episódio).O original era igualmente baseado (ou devo dizer inspirado) em livro de Sebastien Japrisot (que escreveu Adeus, Amigo com Bronson e Delon, 68,Eterno Amor, 84, Verão Assassino com a jovem Isabelle Adjani,83, O Homem que Surgiu de Repente, de René Clement, 72 com Trintignant, o enorme sucesso O Passageiro da Chuva, com Bronson, 70, Crime no Carro Dormitório, 65, de Costa-Gavras, e até a adaptação do erótico História de O, de Dominique Aury, 75. Enfim, o filme original tinha certa variação e se chamou no Brasil, A Garota no Automóvel – Com Óculos e um Rifle (The Lady in the Car with Glasses and a Gun). E o roteirista era também o autor do livro original. Mas era uma produção complicada porque já era o ultimo trabalho de um cineasta importante russo de nascimento, Anatole Litvak (1902-74), em seu canto do cisne (em 1970), e muito mal visto pela crítica. Talvez porque resolveu fazer um thriller policial sofisticado europeu num momento onde já tinha perdido a mão (no sentido de estar fora de forma) e teve péssimas criticas.

O elenco britânico era interessante mas não do primeiro time, Samantha Eggar (O Colecionador, Doutor Dolittle), o falecido Oliver Reed (Oliver, Gladiador), a francesa Stephane Audran então mulher do diretor Claude Chabrol, Bernard Fresson, Marcel Bozzufi, John McEnery. O diretor Litvak foi indicado ao Oscar duas vezes (Decisão Antes do Amanhecer, 50 como produtor) e diretor em A Cova da Serpente (48) com Olivia de Havilland. Entre seus sucessos o suspense Uma vida por um Fio com Barbara Stanwyck, 48, Anastasia, Princesa Esquecida, 56, que deu Oscar a Ingrid Bergman, Uma Sombra em Nossas Vidas com Sophia Loren, 62, O Profundo Mar Azul com Vivien Leigh num total de 42 créditos. Outro detalhe curioso, a mesma história daqui já foi filmada outras vezes , em geral como série de TV, Shinsha no Naka no Onna, 76, Japão claro, Daam Autos, 92, Estônia, e Dama y ochkah, C Ruzhyom y automobile, 01, Rússia.

A estrela do filme Freya que no filme não brilha pelo talento, é escocesa, filha de dramaturgo e crítico de cinema. Nenhum dos trabalhos dela antes e depois teve maior sucesso ou repercussão.

Embora o elenco seja pouco conhecido, temos que dar um certo destaque a jovem estrela da historia, que faz Dany é a ruiva, alta e interessante, mas que infelizmente não tem fôlego como atriz o que já se vê na cena inicial quando ela tenta dançar (mal) a beira mar já que parte da trama é sobre isso, ela nunca a viu o mar antes. Um dia seu chefe (por quem ela está secretamente apaixonada apesar dele ser casado e ter filho pequeno ) parte em viagem para Genebra. E deixa o carro com ela. No caminho de volta, pega o caminho errado (?) para Cannes mais no caminho uma outra jovem que se parece com ela parece ter passado pelos mesmos estágios e situações que ela... E assim por diante, mas o que poderia tornar o filme ainda mais tenso e curioso, já que não deixa muito claro ao situar a ação em certa época, aparentemente os anos 70, então é preciso identificar pelas roupas dos figurinos dos personagens, a marca do carro e pequenos detalhes desse tipo. Mas não só a atriz é fraca, a cena de sexo com o desconhecido é ainda mais repulsiva. Não reage como uma pessoa normal e prossegue assim o resto do filme. Até a explicação é apresentada rapidamente em paralelo com a cena final. Tudo muito difícil de perdoar e consumir.

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho é jornalista formado pela Universidade Católica de Santos (UniSantos), além de ser o mais conhecido e um dos mais respeitados críticos de cinema brasileiro. Trabalhou nos maiores veículos comunicação do país, entre eles Rede Globo, SBT, Rede Record, TV Cultura, revista Veja e Folha de São Paulo, além de HBO, Telecine e TNT, onde comenta as entregas do Oscar (que comenta desde a década de 1980). Seus guias impressos anuais são tidos como a melhor referência em língua portuguesa sobre a sétima arte. Rubens já assistiu a mais de 30 mil filmes entre longas e curta-metragens e é sempre requisitado para falar dos indicados na época da premiação do Oscar. Ele conta ser um dos maiores fãs da atriz Debbie Reynolds, tendo uma coleção particular dos filmes em que ela participou. Fez participações em filmes brasileiros como ator e escreveu diversos roteiros para minisséries, incluindo as duas adaptações de “Éramos Seis” de Maria José Dupré. Ainda criança, começou a escrever em um caderno os filmes que via. Ali, colocava, além do título, nomes dos atores, diretor, diretor de fotografia, roteirista e outras informações. Rubens considera seu trabalho mais importante o “Dicionário de Cineastas”, editado pela primeira vez em 1977 e agora revisado e atualizado, continuando a ser o único de seu gênero no Brasil.

Linha
Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro
30 fotos grátis na 1a compra BF3