De Canio e Sambur

Aflito no consultrio, Peter Ingersoll (Jerry Lewis) recebe, de seu mdico e amigo particular, Scott Carter (Peter Lawford), a trgica notcia de que sofre de uma grave doena e seus dias esto contados. Com a insistncia da esposa, ele ento aproveita os ltimos momentos em viagens por a, gastando toda a fortuna da famlia

22/02/2017 21:27 Por Felipe Brida
De Caniço e Samburá

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

De Caniço e Samburá (Hook, line and sinker). EUA, 1969, 91 min. Comédia. Dirigido por George Marshall. Distribuição: Classicline

Aflito no consultório, Peter Ingersoll (Jerry Lewis) recebe, de seu médico e amigo particular, Scott Carter (Peter Lawford), a trágica notícia de que sofre de uma grave doença e seus dias estão contados. Com a insistência da esposa, ele então aproveita os últimos momentos em viagens por aí, gastando toda a fortuna da família. Dias depois Dr. Scott retorna para informar que os exames estavam errados, e a saúde do paciente segue de vento em popa, melhor até do que antes. Diante do novo baque, Peter pensa em bolar um plano para forjar a própria morte e assim fugir das dívidas. A confusão está armada!

Para alegria dos fãs de Jerry Lewis, como eu, a Classicline resgatou, mês passado, do fundo do baú, um pequenino bom filme de comédia do notório ator e humorista, pouco conhecido do público. Com um estilo único que marcou gerações inteiras, Lewis inventa caras e bocas, desdobra-se em disfarces mil, em papel duplo, tropeça em objetos, destrói a casa com um único erro de mira, pegando carona no conceito de fitas anteriores. Um dos mestres do riso contemporâneo dá lição dramática, numa fita também de teor familiar, neste que seria o seu melhor trabalho da segunda metade da década de 60, período crítico do ator, quando viu sucessivos fracassos estampados em obras chinfrins. A comédia é engraçada, acima da média, e vai além do toque cômico ao tratar do medo da morte, com os bons exageros de Jerry Lewis, que chega ao surrealismo (como a sequência do peixe marlim, no final).

Completam o entretenimento dois atores de peso, Peter Lawford e a vencedora do Globo de Ouro Anne Francis, ambos falecidos.

Fácil de ver, fácil de gostar; “De caniço e samburá” é diversão recomendada!

 

 

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Felipe Brida

Felipe Brida

Jornalista e especialista em Artes Visuais e Intermeios pela Unicamp. Pesquisador na rea de cinema desde 1997. Ministra palestras e minicursos de cinema em faculdades e universidades. Professor de Semitica e Histria da Arte no Imes Catanduva (Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva) e coordenador do curso tcnico de Arte Dramtica no Senac Catanduva. Redator especial dos sites de cinema E-pipoca e Cineminha (UOL). Apresenta o programa semanal Mais Cinema, na Nova TV Catanduva, e mantm as colunas Filme & Arte, na rede "Dirio da Regio", e Middia Cinema, na Middia Magazine. Escreve para o site Observatrio da Imprensa e para o informativo eletrnico Colunas & Notas. Consultor do Brafft - Brazilian Film Festival of Toronto 2009 e do Expressions of Brazil (Canad). Criador e mantenedor do blog Setor Cinema desde 2003. Como jornalista atuou na rdio Jovem Pan FM Catanduva e no jornal Notcia da Manh. Ex-comentarista de cinema nas rdios Bandeirantes e Globo AM, foi um dos criadores dos sites Go!Cinema (1998-2000), CINEinCAT (2001-2002) e Webcena (2001-2003), e participa como jri em festivais de cinema de todo o pas. Contato: felipebb85@hotmail.com

Linha
Todas as mterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantm voc conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar voc pode compartilhar suas preferncias, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se j!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro