OSCAR 2014: Os Prêmios Especiais - Parte 4

Angelina Jolie, pelos serviços humanitários

10/02/2014 18:22 Por Rubens Ewald Filho
OSCAR 2014: Os Prêmios Especiais - Parte 4

tamanho da fonte | Diminuir Aumentar

Angelina Jolie

Só agora tinha me dado conta que já fazem dois anos que não aparecia um filme de Angelina Jolie, até porque ela está com freqüência na Mídia, por alguma razão ou outra. O sucesso de Salt nos EUA, vem confirmar que este  é o melhor momento de Angelina. Casada com um super star como Brad Pitt tem com ele seis filhos, entre adotados e um par de gêmeos, além de ter conquistado o respeito do mundo por seu trabalho para a Unicef,  ajudando a combater as injustiças do mundo, em particular na África. Além disso, os dois estão em ótima fase profissional: ambos em 2009 foram indicados para o Globo de Ouro e o Oscar®. Brad por O Curioso Caso de  Benjamin Button e Angelina por A Troca, onde teve a sorte de ser dirigida pelo sempre prestigioso Clint Eastwood.

Tudo muito diferente da vida polêmica que Angelina levava como símbolo sexual, tendo um casamento atormentado como ator Billy Bob Thorton (os dois tinham gotas de respectivo sangue no pescoço!) e que poderia ter estourado num escândalo feio quando os dois se apaixonaram durante as filmagens de Sr. e Sra Smith. O problema é que Brad era casado com uma atriz muito popular, Jennifer Aniston. Eles esconderam o fato e hoje conduzem a vida deles com mais tranquilidade, se isso for possível num casal que tudo que faz vira noticia.

Angelina no começo da carreira era excelente atriz, hoje no mínimo é interessante e continua carismática. Filha do premiado ator Jon Voight (os dois estavam brigados, mas se reconciliaram há pouco tempo), ela perdeu a mãe francesa (o nome dela quer dizer bonita em francês) vitima de câncer. Foi dela que herdou os lábios carnudos que se tornaram marca registrada. Estreou ainda criança num ponta em filme do pai, de 1982, Lookin´to get Out (inédito aqui). Fez filmes pequenos, casou-se com o ator inglês Jonny Lee Miller (que era filha de Bernard Lee, o M dos filmes de James Bonb), até se revelar em telefilmes que foram lhe dando prêmios (como Gia). Ganhou um Oscar® de coadjuvante por Garota Interrompida (99), mas ficou famosa mesmo com dois filmes como a estrela de vídeo game Lara Croft. Cheia de tatuagens, não tem medo de participar de filmes ousados como Alexandre ou inovadores como O Procurado. É uma das poucas superstars de nossa era.

 

Filmografia

 1982- Lookin´to Get Out de Hal Ashby. 1993- Angela & Virl (CM) de Steve Shaimberg, Alice & Viril (CM) de Steven Shaimberg, Cyborg 2 (Idem de Michael Schroeder). 1995- Sem Provas (Whitout Evidence de Gil Dennis), Hackers – Sua Mente Pode Destruir (Hackers de Ian Softley). 1996- Duas Famílias em Pé de Guerra (Love is All There Is, de Joseph Bologna e Renee Taylor), Mojave Sob o Luar do Deserto (Mojave Moon, de Kevin Dowling), Rebeldes (Foxfire de Annette Haywood Carter). 1997- True Women (TV, de Karen Arthur), O Homem que Vendeu sua Alma (George Wallace, TV de John Frankenheimer), Brincando com a Morte (Playing God de Andy Wilson). 1998- Gia Fama e Destruição (Gia de Michael Cristofer), Hell´s Kitchen de Tony Cinciripini, Corações Apaixonados (Playing It By Heart de Willard Carroll). 1999- Alto Controle (Pushing Tin de Mike Newell), O Colecionador de Ossos (The Bone Collector de  Phillip Noyce), Garota, Interrompida (Girl, Interrupted, de James Mangold). 2000- 60 Segundos (60 Seconds de Dominic Sena). 2001- Lara Croft: Tomb  Raider (Idem, de Simon West), Pecado Original (Original Sin de Michael Cristofer). 2002- Uma Vida em Sete Dias (Life or Something Like It, de Stephen Herek). 2003- Lara Croft Tomb Raider - A Origem da Vida (Lara Croft Tomb Raider- The Cradle of Life de Jan de Bont). 2004- Amor sem Fronteiras (Beyond Borders de Martin Campbell), O Espanta Tubarões (Shark Tale de Bibo Bergeron, voz), Capitão Sky e o Mundo de Amanhã (Captain Sky and the World of Tomorrow de Kevin Conran), Alexandre (Idem de Oliver Stone). 2005- Sr. e Sra Smith (Mr and Mrs Smith, de Doug Liman). 2006- O Bom Pastor (The Good Shepherd de Robert De Niro). 2007- O Preço da Coragem (The Mighty Heart de Michael Winterbottom), A Lenda de Beowoulf (Beowulf, de Robert Zemeckis). 2008-Kung Fu Panda (Idem de Osborne & Stevenson, voz), A Troca (The Changeling, de Clint Eastwood), O Procurado (Wanted de  Timur Bekmambetov). 2010- Salt (idem de Phillip Noyce), O Turista (The Tourist de Florian Henckel von Donnersmarck). 2011- Kung Fu Panda 2 (Kung Fu Panda: The Kaboom of Doom de Jennifer Yuh, voz). 2014- Malévola (Malificent de Robert  Stromberg.  

Direção: 2011- Na Terra de Amor e Ódio (In the Land of Blood and Money). 2014- Unbroken.

Linha
tamanho da fonte | Diminuir Aumentar
Linha

Sobre o Colunista:

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho é jornalista formado pela Universidade Católica de Santos (UniSantos), além de ser o mais conhecido e um dos mais respeitados críticos de cinema brasileiro, é também o crítico de cinema do portal R7. Trabalhou nos maiores veículos comunicação do país, entre eles Rede Globo, SBT, Rede Record, TV Cultura, revista Veja e Folha de São Paulo, além de HBO, Telecine e TNT, onde está atualmente com o programa TNT+Filme e onde comenta as entregas do Oscar (que comenta desde a década de 1980). Seus guias impressos anuais são tidos como a melhor referência em língua portuguesa sobre a sétima arte. Rubens já assistiu a mais de 30 mil filmes entre longas e curta-metragens e é sempre requisitado para falar dos indicados na época da premiação do Oscar. Ele conta ser um dos maiores fãs da atriz Debbie Reynolds, tendo uma coleção particular dos filmes em que ela participou. Fez participações em filmes brasileiros como ator e escreveu diversos roteiros para minisséries, incluindo as duas adaptações de “Éramos Seis” de Maria José Dupré. Ainda criança, começou a escrever em um caderno os filmes que via. Ali, colocava, além do título, nomes dos atores, diretor, diretor de fotografia, roteirista e outras informações. Rubens considera seu trabalho mais importante o “Dicionário de Cineastas”, editado pela primeira vez em 1977 e agora revisado e atualizado, continuando a ser o único de seu gênero no Brasil.

Linha

relacionados

Todas as máterias

Efetue seu login

O DVDMagazine mantém você conectado aos seus amigos e atualizado sobre tudo o que acontece com eles. Compartilhe, comente e convide seus amigos!

E-mail
Senha
Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado?

Bem vindo ao DVDMagazine. Ao se cadastrar você pode compartilhar suas preferências, comentar ou convidar seus amigos para te "assistir". Cadastre-se já!

Nome Completo
Sexo
Data de Nascimento
E-mail
Senha
Confirme sua Senha
Aceito os Termos de Cadastro